domingo, 29 de março de 2009

Uma história que vale ser conhecida

Há quarenta anos essa rede de televisão apresenta-se como um diferencial na tv aberta. Posso dizer que a TV Cultura fez parte da minha formação cultural, na infância com o Bambalalão e Curumim, na fase adulta com o Metrópolis, Roda Viva, Vitrine, Matéria Prima (com o Serginho Groisman) e tantos outros filmes, documentários e programas relevantes no desenvolvimento da criticidade e do gosto das artes e do pensar por conta própria. Agora toda essa história está sendo contada em livro, numa publicação que promete ser referência para quem conhece sua trajetória e para as novas gerações que sequer imaginam o legado dessa rede pública. Salve a TV Cultura!

2 comentários:

jobreis disse...

Ótima idéia da TV Cultura, reunir sua história em um livro. Assim como você, eu também cresci assistindo esses deliciosos e educativos programas da Cultura. Parabéns pela sugestão.

André Flausino disse...

Sem dúvida! Uma das poucas redes da tv aberta que ainda valem a pena! ;D