segunda-feira, 4 de maio de 2009

Um homem de teatro

Na madrugada desse sábado, morreu Augusto Boal(1931-2009) um dos principais dramaturgos do teatro brasileiro. Precursor de movimentos inovadores como o Teatro do Oprimido e o Teatro Fórum. Nos tumultuados e efervescentes anos 1970, em seu exílio no exterior, desenvolveu essas técnicas revolucionárias nas quais afirma que toda e qualquer pessoa pode dizer algo através do teatro. Sua biografia "Hamlet e o filho do padeiro" revela com leveza a trajetória percorrida por ele nas suas descobertas e seu amor incondicional ao teatro. O Brasil perde mais do que um importante dramaturgo, diretor e intelectual, mas um verdadeiro homem de teatro.


Um comentário:

Carol Daemon disse...

O mundo já foi mais interessante, as pessoas pensavam mais...